• saia-midi_1 SAIA MIDI
  • 3860338_collage CANDY COLORS
  • 31 OVER THE KNEE
  • foto (38) PULSEIRISMO
  • foto (30) TIARA DE FLORES
  • download WAYUU BAGS

Advogada por formação e empresária/blogueira de moda por vocação, ou talvez por intuição. Lembro-me de na infância já programar com antecedência o que vestir, “birra” e muita ousadia segundo minha mãe. Com formação na Universidade Federal de Alagoas e OAB em mãos fui à labuta, permaneci por dois anos entre corredores de fóruns, petições e etc. Sempre tive um senso de justiça, bem como amor por tudo que me levasse a leituras e escritas. Daí para unir...

ver mais »
pub1

 

Fenômeno popular em várias cidades americanas e européias, os “carros de comida” já começam a se tornar constantes nas ruas do Brasil afora.

 

Em São Paulo e cidades com Belo Horizonte e Rio de Janeiro já não são tão novidade a “presença física”, mas a disseminação e sacada inteligente como a de servir “comida gourmet”, além de congelados, hamburger, refeições específicas como Chinesa e Japonesa é algo cada vez mais comum e dinâmico.

 

Aqui em Alagoas, mais especificamente na Capital, leia-se Rua Fechada e outros pontos específicos, já nos deparamos com esse tipo de serviço, com espaços cada vez mais criativos, atendendo até aqueles que torcem o nariz para a gastronomia de rua.

 

Você manja na arte de cozinhaa? Tem tino comercial, além de ideias criativas para um local charmoso e descolado? Tá esperando o que para invadir as ruas?

 

Esse abaixo é um bem “famosinho” em São Paulo, especializado em MilkShakes. As cores em tons pastel já nos faz saltar os olhos!!!

 

141641108

los-mendozitos

food6

 

 

MACEIÓ/ALAGOAS

Atualmente, o THE BLACK BEEF, que oferece hambúrgueres artesanais, comida mexicana e cervejinhas, localizado  na antiga Av. Amelia Rosa, no estacionamento da loja Bebê de Fralda, é o HIT em termos de Food Truck em Maceió.

Bem recomendado e sempre cheio.

 

 

blackbeef

Sem deixar de citar os já conhecidos Tmaki Express (japonês); Itynerantys (drinks), dentre outros!

Para quem já gosta ou tem vontade de conhecer esse serviço alternativo #FicaaDica!

 

 

 

 

Nenhum Comentário
2 pessoas gostaram

Semana passada a Colcci abriu suas portas no Arapiraca Garden Shopping. O Evento foi demais!

 

Todos os fashionistas da cidade, juntamente com as pessoas que apreciam a marca e não perderiam a inauguração por nada. Afinal, a “Label” conta hoje com uma direção criativa que atende todos os públicos, sem deixar sua pegada fashionista que é nata!

 

Regada a bons drinks e looks incríveis, o lançamento  foi maravilhoso e com astral mil!

 

Muitas imagens para nos deliciarmos.

 

Ah, meu Look é todo COLCCI. Apostei na saia em guipire com a regata para uma montação não convencional.

 

imagens bel

1418512786Sp_MG_4956219002

thumbs_Sp_MG_4785-75-035

thumbs_Sp_MG_4713-33-010

thumbs_Sp_MG_4783-73-034

thumbs_Sp_MG_4785-75-035

thumbs_Sp_MG_5071-317-128

thumbs_Sp_MG_5114-357-143

thumbs_Sp_MG_4880-156-066

thumbs_Sp_MG_4785-75-035

Bju Bju

Nenhum Comentário
2 pessoas gostaram

Prometido e cumprido!

 

São muitas informações e quando se vai de férias fica difícil se ater a tudo. Mas vamos lá.

 

Fomos em três casais e encontramos um quarto em Miami, portanto, irei começar por New York neste primeiro post.

 

Chegamos no Aeroporto John F. Kennedy às 6:00 horas do horário de lá, o fuso é de duas horas, ou seja, 8:00h no Brasil. Um dos meninos da viagem tinha alugado com antecedência um carro para ficarmos mais livres e explorar melhor a cidade. Depois vou ver com ele todo procedimento e valores, não fica caro e ainda pegamos um dispositivo com Wi-Fi para usufruirmos dentro do carro e quando estivéssemos próximos, ou seja, o tempo quase todo. Nos intervalos de separação dos casais, ficamos usando a do hotel.

 

O automóvel foi tipo Van, já que saindo do aeroporto fomos direto para o WoodBury, um outlet que concentra grandes marcas com super descontos. Achei bem bom para os homens, dá para comprar muita coisa. Aliás, quem entra no site dele adquire cupons de descontos ainda em cima do valor já com desconto, eles piraram.

 

Eu fui mais em acessórios, queria deixar para ir aos poucos, mulher com desconto já viu. Lá comprei bolsas da Kate Spade com 50% e se fosse comprar aqui sairiam as duas por mais de R$1.000,00 e pouco. Lá paguei em torno de R$400,00 reais convertendo, economia das boas e “bags” super coringas!!!

 

Já ia esquecendo, comprei também uma Disco Pant na American Apparel, em torno de 80 doletas, convertendo em real, R$220,00. Achei o preço justo pela qualidade dessa marca que sou apaixonada, tudo descolado tem lá. É essa da foto, comprei uma cor sóbria, nem por isso óbvia.

 

Passamos o dia inteiro, estava bem frio. Comprei luvas, tinha muita roupa de agasalhar maravilhosa, casacos térmicos sensacionais, mas como tinha levado só roupa de frio para comprar as de cidades mais quentes que entrariam no roteiro de nossa viagem, usei as minhas que levei.

 

Já disse que meu closet tem muita roupa de frio? Pode fazer calor, porém se viajo ou vejo algo com manguinha mais longa vou comprando e guardando (nada desnecessário, nessas horas que vemos como economizamos).

 

Dia de compras. Noite para fazer Check-in no Hotel. Mortos com Farofa.

 

Você passa um dia nesses outlets, o tempo voa!

 

Os outros dias fomos desbravar a cidade, bater ponto nos lugares turísticos e me perder em lojas. Comer em NY não é barato, deixávamos mais para os jantares em restaurantes indicados por amigos e pelos companheiros de viagem que já foram muito, motivo de outras postagens.

 

O hotel ficou perto da Times Square, organizado e atendimento ok. Não recordo o nome – sorry!!

 

Quando falo que New York é mais carinho que outras cidades, inclui hotéis e alimentação. Quem deseja algo mais sofisticado tem aos montes, assim como lanches rápidos também. Vai variar do seu orçamento e sua proposta de viagem.

 

Amei a cidade, achei muito agitada é fato, mas lá transpira arte, moda, comportamento, tecnologia e etc. É uma experiência incrível. Passamos quase 6 dias, mas não dá para desbravar tudo. Queria ter tido mais tempo em bairros descolados como Soho e Brooklyn, só foi meio por cima – fica para a próxima algo mais concentrado.

 

Comprei muito na Forever 21 e em fármacias, que são demais, como a Duane Read (todos os importados que são feitos zilhões de sorteios no insta e trazidos por quem vende estão lá, além de super baratos, superrrrr, mega mesmo).

 

 

Ah, essa parte que comprei vou fazer vídeo, explicar e talz depois. Hoje é algo longo e demandaria muito tempo.

 

 

Caminhar de mãos dadas no Central Park é mágico. Renova!

 

 

Disse que tinha comprado uma máquina lá, aquela que passa por Wi-Fi as fotos, e tirei umas imagens bem bacanas (novamente outro post contando o custo benefício, local de compra e etc).

 

Um caso a parte é a loja toda de vidro da Apple e a fila básica para comprar o tal do Iphone 6, fomos comprando ao longo da viagem. Uns compraram logo, já eu adquiri em Siesta Key (balneário incrível entre Orlando e Miami, assunto para depois).

 

Pegamos muito frio e a tão falada Nevasca que atingiu nível máximo nos últimos dez anos não, nesse dia já estávamos em Washington. No entanto, a friagem que suportei foi tanta que eram roupas térmicas por baixo, umas quatro meias, três blusas, fora casaco, gorro e cachecol. Isso mesmo, a partir de novembro a coisa esquenta- ops- esfria. Por mais que seja alérgica, achei que deveria ir perto do Natal, pegar baixa temperatura e sentir tudo que NY oferta, até passar “friagem”.

 

Não deixem de comer os Hot-Dogs de Rua, são baratos, quem tem medo de intoxicação alimentar sossega, tenho uns receios com comida de rua, sou meio neurótica, só que a experiência gastronômica baratex é válida demais!

 

Isso é resumão mesmo. Tudo que ficou para outros posts vou detalhar, ok? Tais como compras, restaurantes, achados, até a visita surreal à Bergdorf Goodman, loja sonho aonde encontramos todas as marcas desejo da mulherada.

 

O dólar estava caríssimo, então preferi deixar para dar aquela conferida com carão de  quem tá lá para comprar – mico aê – e adquirir umas coisas no Brasil com preço semelhante e que divide, já que na “tarjeta” internacional vem tudo  de uma vez. Imagina uma Chanel com todo seu preço, além de taxas para uma tacada só?. Melhor dividir aqui ou esperar o dólar baixar, conselho esperto.

 

Sou realista mesmo!

 

Não sou fluente em inglês, só que desenrolei até bonzinho. Fiz anos de CCAA e não passei vergonha. Fato que entendo muito mais do que me expresso. Acontece que comprar, pedir comida, até jogar uma conversinha fora rolou. Tomar vergonha e voltar às aulas de conversação.

 

Próximo Destino Washington… e demais cidades!

 

Para hoje, fotinhas de NY!

 

 

Tem dois looks, um usado durante o dia e outro noite. Os demais de lá, coloquei no insta também vou trazer detalhado. Outros como foram mais confortáveis, nada muito elaborado, a gente acorda cedo para fazer tudo e haviam dias que eu não estava focada em fotografar, não registrei.

 

 

 

DSC_0001

DSC_0010

DSC_0044

 

DSC_0004

 

DSC_0093

 

DSC_0084

 

DSC_0111

DSC_0114

 

DSC_0132

DSC_0136

DSC_0137

 

 

 

 

O enquadramento das fotos ainda não está bom, estou apanhando dela. Questão de foco e tudo mais. Tenho um certo Toc (aloka) de ficar assim, mas vou aprender rapidão, juro!

 

Ate a próxima postagem com fé em Deus!!!!

Nenhum Comentário
4 pessoas gostaram
Página 1 de 1701235
Direito das imagens

Muitas das imagens do nosso Blog vem de fontes diversas, sendo na maior parte externas e não autorizadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no nosso Blog e você desejar sua remoção, por favor, enviar um email para: contato@gabriellyfarias.com.br que prontamente a retiraremos do ar. Muito Obrigada!


2012 © TODOS OS DIREITOS RESERVADOS